zRam, no Linux para melhorar o desempenho do sistema.

Ative o zRam, no Linux para melhorar o desempenho do sistema.

O que é ZRAM?

O ZRAM é um utilitário relativamente conhecido dos usuários Linux, ele permite um melhore gerenciamento de memória em relação a partição de SWAP ele cria um dispositivo de bloco na memória RAM que funciona como um unidade de disco virtual, mas é comprimido e armazenado na memória ao invés de usar a partição de swap (que é mais lenta), permitindo uma troca de dados rápida aumentando a quantidade de memória disponível antes que o sistema inicie a troca com o disco. O objetivo é ganhar desempenho, principalmente em computadores com pouca memória.

Se você tem 2 Gb ou menos de espaço na memória RAM, o zRam pode ajudar a melhorar o desempenho do seu sistema.
O zRam é fácil de instalar — trata-se de um módulo do kernel que, uma vez ativado, cria blocos de dispositivos baseados na RAM, que funcionam como swap. Dados armazenados neste local são comprimidos na própria memória do sistema.
O uso deste módulo, que era chamado antigamente de compcache, acaba promovendo economia considerável de memória mas, por outro lado, aumenta a carga sobre o processador (compressão/descompressão).
Isto posto, você só irá se beneficiar do uso do zRam em aplicações que consumam muita memória e pouco processamento. Se suas aplicações usam intensivamente o processador e poucos recursos de memória, você pode experimentar uma queda na performance do seu sistema.

Obs.: A partir do kernel 3.14, o módulo ZRAM já está habilitado, portanto a instalação só é necessária para kernels anteriores.

Como instalar zRam no Ubuntu

O zRam está integrado ao kernel Linux, desde a versão 3.2 — portanto, já está incluído nas versões do Ubuntu 12.04 ou acima.
Nas versões mais novas do Ubuntu é muito fácil instalar o zRam, via apt-get.

Abra um terminal (Ctrl + Alt +T), e forneça o seguinte comando:

sudo apt-get install zram-config

Isto é o suficiente.
Desconheço qualquer recomendação dos desenvolvedores no sentido de ter que reiniciar o computador, após a ativação do zRam — portanto, o reboot é opcional.

Como verificar se o zRam está ativo

Se quiser verificar se o zRam está ativo, use o comando dmesg em conjunto com o grep:

dmesg | grep -i zram

Outra forma de verificar é com o seguinte comando:

cat /proc/swaps

Se o zRam aparecer no resultado, deste jeito, é por que está ativo:

Filename           Type               Size            Used              Priority
/dev/sda1          partition          2076668    2724               -1
/dev/zram0        partition         513056      240                 5
/dev/zram1        partition         513056      244

Seleção_008

Como desinstalar o zRam

Para desativar e desinstalar o zRam, proceda assim, no terminal:

sudo dpkg --purge zramswap-enabler
sudo dpkg --purge zram-config

Até a próxima.