Como controlar a temperatura e a frequência do processador no Ubuntu.

Continuando com as dicas de performance e desempenho para o Ubuntu, trago para vocês o utilitário cpufreq.

Com o cpufreq, você regula a frequência do clock da CPU, controla o consumo da bateria e a temperatura do processador. Tudo isto, em um só aplicativo.
O programa não propõe nenhuma mágica — para atingir um objetivo, você vai ter que sacrificar outros, como irei mostrar no decorrer do texto.

Instale o cpufreq

Abra um terminal (Ctrl + Alt + T) e rode o seguinte comando:

sudo apt-get install cpufrequtils indicator-cpufreq

Com o comando acima, estamos instalando o utilitário cpufreq, o cpufreq (é um daemon) e os indicadores, que vão ficar na barra superior da sua interface gráfica, de onde você poderá clicar e selecionar o modo de operação do processador.
Normalmente, após a instalação, não é necessário fazer nada. Contudo, se o novo indicador não aparecer, você pode carregá-lo manualmente, com o seguinte comando:

indicator-cpufreq &

cpufreq-controlar-a-frequencia-da-CPU O indicador do cpufreq permite escolher a frequência em que o seu processador (CPU) irá funcionar.

Como reduzir a temperatura do processador.

Em princípio, quanto mais alta a frequência, mais calor será produzido pela CPU. Portanto, para reduzir a quantidade de calor, basta reduzir a frequência da sua CPU. Se você usar o governormoderado” ou “economia de energia”, também vai atingir este objetivo.

Como reduzir o consumo da bateria no notebook.

Clique no ícone do indicator-cpufreq, na barra de status. O modo de economia de energia é o indicado para atingir este objetivo.
Se preferir, você pode apenas reduzir a frequência do clock da CPU — ao reduzir a frequência, o consumo de energia cai junto.
Se, por outro lado, você usar o maior clock disponível ou optar pelo governor de “desempenho”, prepare-se para ver a bateria ser drenada pelo processador — o que pode não ser um problema se você estiver com o notebook ou o desktop ligados à tomada.

cpufreq-poupar-a-bateria  Poupar a bateria.

Use os governors.

Os governors são aquelas 4 últimas opções do menu do indicador:

Moderado — é um modo de uso conservador do processador. Ele ajusta gradualmente a frequência, de acordo com as necessidades do sistema. Ele tem a tendência a manter o processador em velocidades baixas e a subir devagar. Eu o indico para quem deseja economizar energia.
Sob demanda — tal como o anterior, ajusta a frequência do processador de acordo com as necessidades do sistema, só que ele é menos suave e demora menos nas escalas — e vai um pouco mais rápido aos valores mais altos.
Economia de energia — mantém a frequência da CPU nos valores mais baixos possível. Alguns administradores advertem (eu concordo) que, ao forçar o sistema a fazer o máximo dentro dos limites mais restritivos da CPU, você vai acabar aumentando o consumo de energia.
Portanto, deve ser usado apenas quando você tiver certeza de que não haverá picos de demanda.
Contudo, é a melhor opção para quem deseja manter a temperatura do processador baixa.
Desempenho — Responde agressivamente a qualquer demanda, elevando o clock do processador ao seu nível máximo. Ele é péssimo para quem está com problemas de superaquecimento ou dependendo exclusivamente da bateria.

Sendo assim, use preferencialmente os governors, quando quiser deixar o próprio sistema determinar a frequência de clock mais adequada para realizar suas tarefas — isto é mais eficiente que determinar um clock de trabalho fixo pra sua CPU.

Até a próxima.

Comandos: como saber qual é o Hardware.

Segue aqui alguns comandos para identificação dos componentes de Hardware de uma máquina.

1. Qual é o hardware a minha máquina Linux ?

lspci   ou   dmidecode

2. Que hardware está usando qual módulo do kernel ? Observação: permissões de root são necessárias para executar este comando:

lspci –v ou lspci -vvv
hardinfo ou hardinfo lshw ou lshw-gtk ou hwinfo

3. BIOS Obter informações da BIOS:

biosdecode

Obter informações do fabricante da BIOS:

dmidecode -s bios-vendor

4. Obter informações sobre sua placa-mãe somente:

dmidecode –type baseboard

5. Quais dispositivos USB estão conectados ao computador:

lsusb

6. Informações da placa de vídeo:

lspci | grep VGA

7. Para saber pacotes (módulos) uma Placa de Vídeo específica.

 rpm -qa | grep nvidia
x11-driver-video-nvidia-current-32bit-349.12-0.1-omv2014.0.x86_64
dkms-nvidia-current-349.12-0.1-omv2014.0.x86_64
x11-driver-video-nvidia-current-349.12-0.1-omv2014.0.x86_64
nvidia-current-doc-html-349.12-0.1-omv2014.0.x86_64

8. Saber qual Placa/Chipset Gráfica com o driver e módulo está sendo usando.

  lspci -k | grep -A 2 VGA
VGA compatible controller: Intel Corporation 4 Series Chipset Integrated Graphics Controller
Subsystem: Intel Corporation 4 Series Chipset Integrated Graphics Controller
Kernel driver in use: i915
lspci -nnk
 VGA compatible controller [0300]: Intel Corporation 4 Series Chipset Integrated Graphics Controller [8086:2e32] (rev 03)
 Subsystem: Intel Corporation 4 Series Chipset Integrated Graphics Controller [8086:2e32]
 Kernel driver in use: i915
 Kernel modules: i915

9. Verificar o tamanho do disco rígido (hd) e partições Este comando listará também drives e pen drives USB. Observação: permissões de root são necessárias para executar este comando:

fdisk -l | grep GB

Verificar quais partições e sistemas de arquivos estão em uso nos meus discos rígidos:

fdisk –l

10. Saber qual é o arquivo de dispositivo do CD/DVD-ROM:

wodim –devices ou wodim –scanbus

11. Módulos do kernel Quais módulos do kernel linux estão carregados no momento ?

lsmod

Obter informações sobre qualquer módulo em particular:

/sbin/modinfo nome_módulo

Remover módulos:

modprobe –remove nome_módulo

Carregar um módulo do kernel:

modprobe nome_módulo

Qual hardware está usando qual módulo ? Observação: permissões de root são necessárias para executar este comando:

lspci –v ou lspci –vvv

12. Listar os cartões PCMCIA:

Lspcmcia

13. Tipo do Processador (CPU):

cat /proc/cpuinfo ou dmidecode –type 4

O meu processador está usando um conjunto de instruções de 32 ou 64 bits ?

cat /proc/cpuinfo | grep flags | grep lm

Se obtiver alguma saída, você tem 64 bits. Se nenhum resultado for apresentado, você está usando uma CPU de 32 ou mesmo 16 bits.

14. Memória RAM Quanta memória RAM está instalada no meu Linux e quanto dela está em uso (megabytes)? Isso incluirá também a memória de swap:

free –m
 ou
Top ou cat /proc/meminfo

15. Placa de Som Verificar as configurações da placa de som. Este comando revelará se sua placa de som está instalada e que módules estão sendo usados:

cat /dev/sndstat

16. Listar as placas wireless disponíveis:

lwconfig

17. Qual é a velocidade das ventoinhas ?

cat /proc/acpi/ibm/fan

18. Bateria Obter informação sobre a bateria em seu laptop:

powersave –b

19. Listar dispositivos Plug and Play BIOS

lspnp