Como desinstalar Gnome-Software do Ubuntu 16.04 (Xenial Xerus)

Se você não gostou da nova central de programas do Ubuntu 16.04 tente então remover esse programa com os procedimentos a seguir.

Desinstalar Gnome-Software

Para desinstalar somente Gnome-Software do Ubuntu 16.04 (Xenial Xerus) execute no terminal:

sudo apt-get remove gnome-software

Desinstalar Gnome-Software e os pacotes dependentes

Para desinstalar o pacote Gnome-Software e quaisquer outros pacotes dependentes que não sejam mais necessários do Ubuntu Xenial.

sudo apt-get remove --auto-remove gnome-software

Expurgar Gnome-Software

Se você também deseja limpar as configurações e/ou dados de Gnome-Software do Ubuntu Xenial então use este comando:

sudo apt-get purge gnome-software

Para limpar as configurações e/ou arquivos de dados do Gnome-Software e de seus pacotes dependentes do Ubuntu Xenial execute:

sudo apt-get purge --auto-remove gnome-software

Fonte: Howto Install

Até a próxima!

 

 

Como gerenciar a inicialização de aplicativos no Ubuntu 16.04

Se a inicialização do Ubuntu 16.04 está se tornando cada vez mais lenta, os aplicativos executados durante essa etapa podem ser a causa disso. Para resolver, veja como gerenciar a inicialização de aplicativos no Ubuntu.

Sempre que o Ubuntu inicia, alguns aplicativos e serviços de terceiros também iniciam automaticamente, junto com os serviços e aplicativos principais. Como alguns desses aplicativos são adicionados automaticamente à lista de inicialização depois de serem instalados, é importante verificar a lista de tempos em tempos e remover aqueles que você não precisa que sejam executados durante a inicialização.

1

   Para fazer isso, é preciso usar o programa “Aplicativos de sessão”, que permite gerenciar facilmente esses programas que iniciam junto com o sistema.

Como gerenciar a inicialização de aplicativos no Ubuntu.

Para gerenciar a inicialização de aplicativos no Ubuntu, você deve fazer o seguinte:

Passo 1. Clique no Dash e digite aplicativos. Quando aparecer a opção “Aplicativos de sessão”, clique nele para acessar a configuração;

barra-2

Passo 2. Para incluir um aplicativo usando o “Aplicativos de sessão”, clique no botão “Adicionar”. Na tela que aparece, coloque o nome, comando e descrição do programa. Quando finalizar, clique no botão “Adicionar”;

adicionar

Passo 3. Para remover um aplicativo, clique no item correspondente a ele e em seguida, clique no botão “Remover”;

remover

Passo 4. Para Editar a configuração de um aplicativo em “Aplicativos de sessão”, clique no item correspondente a ele e em seguida, clique no botão “Editar”. Faça as alterações necessárias e quando terminar, clique no botão “Salvar”;

Editar

Passo 5. Se você quiser que o aplicativo inicie automaticamente, mas não quer que isso atrase todo o processo de inicialização, é possível definir um intervalo de tempo que será contado e depois disso, o programa será executado. Para definir esse intervalo, na hora da inclusão ou edição, digite o comando abaixo dentro do campo “Comando”, antes do comando de execução do programa. Não se esqueça de substituir “XX” pelo número de segundos.
sleep xx;

definindo-intervalo

Passo 6. Quando finalizar as alterações, clique no botão “Fechar” da janela “Aplicativos de sessão”.

Os itens escondidos do painel.

Antes de abrir o painel Aplicativos de Sessão ou Autostart, é interessante executar um rápido procedimento, na linha de comando, para ver uma lista de aplicativos mais completa dentro dele.
Por uma questão de segurança, o Ubuntu esconde uma série de aplicativos e scripts, para evitar que o usuário remova da inicialização automática itens importantes pro funcionamento e pra eficiência do sistema.

painel-de-configuracao-de-aplicativos-de-sessao

Painel de configuração de aplicativos de sessão, em 2 momentos:

  • à esquerda, em segundo plano, o painel no “modo seguro”, exibindo um mínimo de itens.
  • à direita, em primeiro plano, o painel de aplicativos de sessão já mostra todos os itens possíveis de ser editados removidos — muito cuidado, aqui.

Para ver os aplicativos ocultos no painel, antes de abrí-lo execute o seguinte procedimento, no seu terminal:

cd /etc/xdg/autostart
sudo sed --in-place 's/NoDisplay=true/NoDisplay=false/g' *.desktop

Você pode copiar e colar os comandos daqui pro seu console, para evitar erros de digitação.

Para ver o painel, ative o dash, clicando no ícone do Ubuntu, no canto superior esquerdo do lançador (launcher) ou pressionando a tecla Super, no teclado — agora, procure por “Aplicativos de sessão” e clique no ícone correspondente.

Uma vez aberto o painel, note que você já pode ativar, desativar, adicionar, remover ou editar os aplicativos que iniciarão automaticamente na sua sessão.
Obs.: Como eu já disse antes, tenha bom senso — uma boa dica é não remover aplicativos indesejados. Você pode apenas desativá-los, clicando na caixa, à esquerda de cada item.

Se houver arrependimento futuro, é fácil voltar atrás: basta reativar o item.

Como desfazer a exibição dos itens ocultos.

Para ocultar novamente, por segurança, os itens do painel, rode o seguinte comando, no terminal:

cd /etc/xdg/autostart
sudo sed --in-place 's/NoDisplay=false/NoDisplay=true/g' *.desktop

E pode conferir! Já estão todos escondidos e seguros de novo.

Quais itens podem ser desativados?

Dê uma olhada nesse artigo: Os itens do painel de Aplicativos de sessão — obtenha uma explicação detalhada dos itens mais comuns do painel e saiba quais podem ser removidos com segurança.

Desabilitar o Gnome Software de iniciar junto ao sistema

Por padrão, o Gnome Software (que substitui a antiga Central de Programas do Ubuntu) é iniciado junto com o sistema, caso queira desativar isso, abra o terminal e digite:

cd /etc/xdg/autostart && sudo mv gnome-software-service.desktop gnome-software-service.desktop.BKP

Para reverter o processo digite:

cd /etc/xdg/autostart && sudo mv gnome-software-service.desktop.BKP gnome-software-service.desktop

 

Fonte: DioLinux, Blog do Edivaldo, Elias Praciano.

Até a próxima!