Dicas de pós-instalação do Debian 9

Depois de instalar o Debian 9 é importante fazer algumas configurações para deixar o sistema ainda melhor, então vamos a elas.

Atualizando o sistema.

Atualizar a lista de pacotes (pacotes fontes):

apt update

Atualizar os pacotes:

apt -u upgrade

Obs.: a opção -u, faz com que o apt mostre os pacotes que serão atualizados.

 

Deixar o Debian em português.

Se você não tiver instalado o pacote locates, entre com o seguinte comando:

apt install locales

Agora, degite o seguinte comando:

dpkg-reconfigure locales

Na janela que se abrir, selecione as opções:

pt_BR ISO-8859-1
pt_BR.UTF-8 UTF-8

Captura de tela_2017-09-21_15-57-13

Utilize as teclas direcionais para descer até as opções e para selecionar use a tecla Espaço.

Pressione a tecla Tab e depois a tecla Enter para realizar as confirmações.

Na próxima tela, selecione pt_BR.UTF-8 e pressione Enter para confirmar.

Captura de tela_2017-09-21_16-07-33

É preciso reiniciar o computador/notebook para que as mudanças tenha efeito.

 

Instalando o Gdebi.

Gdebi é uma ferramenta que permite instalar pacotes .deb. Está disponível com interface gráfica, mas também possui interface de linha de comandos.

Depois de se baixar o arquivo .deb do programa desejado, basta abri-lo no Gdebi, que verificará, baixará e instalará as as pendências. Uma alternativa ao apt no caso de pacotes que não estejam no repertório da distribuição.

Para instalar dê o seguinte comando:

apt install gdebi

 

Até a próxima!

Dicas após instalar do elementary OS 0.4 Loki

O elementary OS é uma distribuição querida por muitas pessoas, especialmente por conta de seu design muito bem trabalhado, porém, ele é um sistema enxuto e vem com poucas aplicações por padrão, o que requer alguns ajustes para que ele fique pronto para o que der e vier.

Vamos trazer aqui dicas de configurações para deixar o eOS 0.4 Loki pronto para ser usado no dia a dia. Então vamos lá.

1 – Atualize o sistema

Apesar de ter sido lançado recentemente, como qualquer outra distribuição, as atualizações são constantes e elas costumam ocorrer também logo depois do lançamento, onde bugs pontuais são descobertos, então atualize o seu sistema.
atualizando-elementary-os
Para fazer a atualização você pode abrir o painel de controle pelo ícone na Dock e procurar a opção “About” ou “Sobre” em Português, lá você encontrará a opção de “Check for Updates” ou simplesmente “Verificar por atualizações“, neste momento a nova Central de Apps do elementary vai se abrir na sessão de atualizações.
atualiza__o-do-sistema
Dica: Você encontra também a opção “About” pesquisando no menu do sistema.
Você também pode fazer a atualização pelo terminal:
sudo apt update
sudo apt dist-upgrade

2 – Deixando o elementary OS em Português

Apesar de ter selecionado o idioma Português do Brasil na hora da instalação você pode ter reparado que o sistema continua em Inglês, bom, isso não chega a ser um grande problema e existe uma forma muito simples de corrigir isso.
Abra o Menu depois vá até Ferramenta de Sistema de depois em Configurações do Sistema. Clique em Language & Region.
settings-600x397
Observe as setas da imagem e deixa exatamente como está ali; se precisar clique em Desbloquear.
Basta clicar em “Set Language” e aguardar o processo.
como-mudar-o-idioma-do-elementary-os
como-mudar-o-idioma-do-elementary

Pode ser necessário encerrar a sessão do sistema e logar-se novamente para ver as mudanças, é possível que “na volta” ao fazer login no sistema novamente o elementary te informe da possibilidade de atualizar o nome das pastas do sistema de “Documents” para “Documentos” por exemplo, basta clicar no atualizar e os nomes também ficarão em português.

atualizar-nomes-das-pastas-elementary-os

Agora o eOS está em Português.

3 – Instalando Codecs no elementay OS 0.4 Loki

Para poder rodar todos os formatos de vídeo e áudio no seu elementary OS vamos precisar instalar o pacote do Ubuntu: ubuntu-restricted-extras.
 
Infelizmente a Central de Apps do elementary não consegue encontrar este pacote por ele não possuir um ícone, semelhante ao que acontece na Central de Programas do Ubuntu mesmo, uma alternativa seria utilizar o Software Boutique, que é encontrado inclusive na Central de Programas do elementary OS, mas em meus testes, ela não funcionou, então vamos ter que ir para o terminal mesmo, porém, não se preocupe, basta copiar e colocar o comando, dar “enter”, digitar a sua senha e aguardar a finalização.
sudo apt install ubuntu-restricted-extras -y
Dicas:
Em um determinado momento será necessário aceitar os termos de licença para instalar as fontes da Microsoft, para isso basta apertar a “seta para ir para a direita” ou o “Tab” e pressionar “Enter“:
fontes-microsoft-elementary-os

 

Logo após use as setas para selecionar a opção “Sim” e dê “Enter” novamente.

fontes-true-type-elementary

Aguarde o final do processo e você já terá os Codecs instalados.

4 – Instalando PPAs e pacotes .deb no elementary OS 0.4 Loki

Essa nova versão não tem suporte para PPAs e pacotes .deb nativamente, porém, você pode resolver este problema facilmente instalado dois pacotes, vamos precisar do terminal novamente:
sudo apt install software-properties-common gdebi -y
Este comando instala um pacote que vai permitir que você use os PPAs normalmente e também vai instalar o GDebi, que você pode utilizar para instalar pacotes .deb dando dois cliques como no Ubuntu e no Linux Mint.

5 –  Instalando Drivers adicionais no elementary OS 0.4 Loki

Este é um recurso em que a distribuição acabou deixando a desejar, antes existia um gerenciador de drivers gráfico, como o do Ubuntu (o dele na verdade) que agora não existe, isso porque a ideia é que ao marcar a opção de instalar os recursos adicionais na instalação do sistema os drivers já sejam instalados por padrão, porém, de qualquer forma, um gerenciador de drivers é sempre bem-vindo.
drivers-elementary-os

Quando você instalou o pacote no passo 4 deste nosso tutorial você já instalou a base para essa aplicação, bastando instalar a interface com o comando:

sudo apt install software-properties-gtk
Com isso, ao abrir o menu e digitar “Programas e atualizações” você chegará à tela acima, onde você tem todo o gerenciamento de repositórios e drivers, exatamente como no Ubuntu.

 

6 – Firewall e preferências de privacidade

O elementary OS vem com uma opção simples para você configurar o Firewall no sistema e a sua privacidade, vá até o painel de controle do sistema a acesse a opção de “Segurança e privacidade“.
firewall-elementary
Nesta opção você encontra 3 sessões segmentando as opções de privacidade e segurança do sistema, você pode marcar e desmarcar tudo o que você não quer que seja registrado pelo menu de buscas do elementary, há também a opção Firewall, onde você pode habilitá-lo no sistema facilmente.

 

7 – Remover o Evolution Data Server.

Se você não precisa deste serviço, ele pode ser desativado com o seguinte comando:

sudo apt remove evolution-data-server -y
Obs.: O pacote Evolution Data Server fornece um backend unificado para programas que trabalham com contatos, tarefas e informações de calendário.

 

8 – Verificação e Limpeza.

Agora vamos ver se faltou alguma dependência, corrigir quaisquer erros e então fazer uma limpeza e pronto.

sudo apt-get install -f
sudo dpkg --configure -a
sudo apt-get autoremove && sudo apt-get autoclean && sudo apt-get clean

 

Bem pessoal espero que essas dicas ajudem a deixar o eOS bem configurado. Como o sistema é baseado no Ubuntu 16.04 LTS, então os programas que funcionam nele também devem funcionar no elementary, assim como seus métodos de instalação.

Se você estiver interessado em saber as novidades do Elementary OS 0.4 Loki acesse aqui.

Até a próxima!

 

 

 

 

 

Configurando o Rosa Desktop Fresh R8

Rosa Desktop Plasma R8 é um sistema bem estável, com uma quantidade muito boa de programas, e se inicia com cerca de 350 Mb de memória.

monitor-do-sistema-1

Configurações Iniciais:

Nesta dica veremos alguns passos básicos a serem efetuados após instalarmos o ROSA Desktop Fresh R8.

1.. Abra o Centro de Controle e clique em Atualizar Sistema.

2. Altere a Frequência de Atualizações para cada 24 horas.

3. Abra o Gerenciador de Mídias de Programas e certifique-se que estão ativadas as mídias: Main, Main Updates, Main32, Main32 Updates, Contrib, Contrib Updates, Non-free, Non-free Updates, Non-free32, Non-free32 Updates, Restricted, Restricted Updates, Restricted32, Restricted32 Updates.

screenshot_20161208_115710

 

4. Para instalar e remover novos programas abra o Gerenciador de Programas, que é um programa gráfico bastante intuitivo.

screenshot_20161208_115637

Fonte:

Até a próxima!

 

Unity 7 tem novo recurso para melhorar desempenho

Low Graphics Mode no Unity 7.

Um novo recurso interessante foi adicionado ao Ubuntu 16.04 com Unity pela Canonical, o “LOW-GFX” permite que o sistema rode melhor em computadores que não tem placas gráficas muito potentes, conheça a mudança e veja como ativar no seu sistema.

A Canonical atendeu ao pedido dos usuários que acham que o Unity 7 é pesado demais para computadores modestos, desta forma, mesmo computadores que não possuem uma boa aceleração gráfica poderão usar o sistema.

Basicamente, o que faz o Unity 7 ser pesado, são as suas transparências e “fades”, então, deixando estas opções opacas, o impacto para uma placa gráfica modesta é muito menor.

O recurso em si não é novo, veja aqui, o procedimento é válido para o Ubuntu 14.04 LTS por exemplo, porém, até então não existia uma opção simples para ativar esta funcionalidade, pelo menos até agora. O recurso de “low graphics mode” também é possível de ser atingido através do Unity Tweak Tool, basta ter um pouco de paciência para configurar tudo direitinho.

Basicamente, a opção “low-gfx“, adicionada recentemente como uma opção no Compiz, que desabilita todas estas opções que fazem o Unity 7 ser pesado.

As melhorias foram feitas para reduzir a quantidade de efeitos visuais que são vistos durante a execução em modo gráfico baixa. Em um nível alto Isso inclui coisas como:

  • Reduzir a quantidade de animação em elementos tais como a janela switcher, lançador e menus (em alguns casos até zero)
  • Removendo borrão e fade in / out
  • Reduzindo as sombras

Com Low Graphics Mode habilitado, em seguida, a janela só é desenhado uma vez em 0 % de transparência (totalmente opaco) e só precisa ser enviada para a extremidade remota uma vez, reduzindo a sobrecarga e acelerar a experiência do usuário.

Veja como você pode fazer para habilitar o Low Graphics Mode no Ubuntu 16.04 LTS.

Passo 1) Abra um terminal e digite:

nano ~/.config/upstart/lowgfx.conf

Passo 2) Agora copie e cole isto para ele:

start on starting unity7
pre-start script
    initctl set-env -g UNITY_LOW_GFX_MODE=1
end script

Passo 3) Salve e saia.

Passo 4) Reinicie o computador para que todas as mudanças tenham efeito.

Obs.: Se você quiser parar de usar o Low Graphics Mode, comentar a linha initctl, colocando um ‘#‘ no início da linha.

Dica adicional para otimizar a velocidade.

Existem vários “pequenos truques” que você pode fazer para otimizar a velocidade do sistema, além, é claro, desta configuração.

Se você usa Unity Tweak Tool para fazer alguns ajustes, haverá uma configuração que pode ser feita na sessão “Gerenciamento de janelas“, na aba “Geral“, que permite a você colocar a Aceleração de Hardware/Qualidade de textura no modo “Rápido” e em Animações, desabilitar as animações das janelas (Window Animations), isso certamente vai acelerar o seu  Unity 7.

unity-tweak-tool-3

É isso, você logo perceberá que o Unity está mais opaco, leve e veloz.

 

Fonte: Whizzy.org, Ubuntu Insights, Diolinux.

Até a próxima!

Instalar o Preload no Ubuntu 16.04

O Preload é um programa que ajuda a aumentar a agilidade da abertura de programas que geralmente você usa diariamente, navegadores, editores de texto ou players de som. Ele abre em instantes, aumentando sua produtividade.

Além de pequeno, o preload dispensa configurações adicionais para começar a funcionar.

Após instalado, ele se mantém rodando em background, sem solicitar nenhuma intervenção do usuário, monitorando quais são os programas mais utilizados, movendo-os para áreas mais acessíveis do disco, ou mesmo pré-carregando algumas partes de programas mais complexos e muito utilizados, dando um perceptível ganho em velocidade de uso.

As informações são armazenadas em um arquivo que servirá como cache para os programas na memória RAM para que aumente a velocidade de carregamento das aplicações quando forem executadas.

Quando você iniciar um programa o sistema não vai buscar os binários e suas dependências no disco rígido e sim na memória, acessando os arquivos neste cache gerado pelo Preload, agilizando o carregamento das aplicações.

Preload não é instalado por padrão no Ubuntu, embora algumas distribuições fazer incluí-lo por padrão. Para instalar Preload, execute os seguintes comandos:

sudo apt-get update
sudo apt-get install preload

650x175ximage34-png-pagespeed-gpjpjwpjjsrjrprwricpmd-ic-jf2vylkw8p

Ou, os seguintes comandos:

sudo apt update
sudo apt install preload

Logo após a instalação o serviço é iniciado automaticamente, sem a necessidade de intervenção do usuário, mas recomendo que faça a inicialização manual.

Execute o seguinte comando:

sudo service preload restart

Verifique se o serviço foi iniciado corretamente com o seguinte comando:

ps ax | grep preload

Depois desta etapa, você deverá receber a seguinte resposta ao comando anterior: /usr/sbin/preload -s /var/lib/preload/preload.state

linux-terminal

Com este tutorial você poderá usar o Preload para utilizar parte disponível da memoria RAM do seu computador para melhorar a performance geral do seu desktop Linux.

Se quiser desinstalar o Preload:

Para desinstalar somente Preload do Ubuntu 16.04 (Xenial Xerus) execute no terminal:

sudo apt remove preload

Desinstalar Preload e os pacotes dependentes.

Para desinstalar o pacote Preload e quaisquer outros pacotes dependentes que não sejam mais necessários do Ubuntu Xenial.

sudo apt remove --auto-remove preload

Expurgar Preload.

Se você também deseja limpar as configurações e/ou dados de Preload do Ubuntu Xenial então use este comando:

sudo apt purge preload

Para limpar as configurações e/ou arquivos de dados do Preload e de seus pacotes dependentes do Ubuntu Xenial execute:

sudo apt purge --auto-remove preload

 

Até a próxima!