Como mudar o tempo de espera no Grub2 do Fedora 25

Essa dica de hoje se aplica para quem quer mudar o tempo de espera do Grub2 no Fedora 25. Vou aproveitar também para dar uma dica e deixar o Windows iniciar primeiro quando for feito o boot do Computador/Notebook.

Como mudar o tempo de espera do Grub2.

1) Entre no terminal como root e digite o comando:

gedit /etc/default/grub

2) Agora mude a linha GRUB_TIMEOUT que por padrão vem com 5 segundos e mude para o tempo que você quiser, no exemplo vou deixar para 1 (um) segundo.

Antes da mudança:

GRUB_TIMEOUT=5
GRUB_DISTRIBUTOR=”$(sed ‘s, release .*$,,g’ /etc/system-release)”
GRUB_DEFAULT=saved
GRUB_DISABLE_SUBMENU=true
GRUB_TERMINAL_OUTPUT=”console”
GRUB_CMDLINE_LINUX=”rhgb quiet”
GRUB_DISABLE_RECOVERY=”true”

Depois da mudança:

GRUB_TIMEOUT=1
GRUB_DISTRIBUTOR=”$(sed ‘s, release .*$,,g’ /etc/system-release)”
GRUB_DEFAULT=saved
GRUB_DISABLE_SUBMENU=true
GRUB_TERMINAL_OUTPUT=”console”
GRUB_CMDLINE_LINUX=”rhgb quiet”
GRUB_DISABLE_RECOVERY=”true”

3) Agora clique em Salvar e Sair.

4) No terminal digite o seguinte comando para atualizar o Grub2:

grub2-mkconfig -o /boot/grub2/grub.cfg

5) Agora reinicie o Computador/Notebook.

Mudar a ordem de boot do Grub2.

Nesse exemplo vou deixar para que o Windows 7 seje o primeiro SO a iniciar na hora do boot.

Para verificar o SO que inicia primeiro digite o comando:

grub2-editenv list

1) Entre no terminal como root e digite o seguinte comando:

grep -i window /boot/grub2/grub.cfg

A saída (resposta) do comando é essa: menuentry ‘Windows 7 (loader) (on /dev/sda1)’

Note que o rótulo está entre as aspas simples e será usado.

2) No terminal digite o comando:

gedit /etc/default/grub

3) Na linha GRUB_DEFAULT= coloque o rótudo entre aspas duplas.

GRUB_DEFAULT=”Windows 7 (loader) (on /dev/sda1)”

4) Salve e feche o arquivo.

5) Agora entre com o seguinte comando para atualizar o Grub2.

grub2-mkconfig -o /boot/grub2/grub.cfg

6) Reinicie o Computador/Notebook.

Até a próxima!

Erro ao instalar o ttf-mscorefonts-installer no Ubuntu

Recentemente o pacote de instalação de fontes ttf do Ubuntu corrompeu seus links fazendo com que os usuários recebem a mensagem de erro que indica uma falha no pacote “ttf-mscorefonts-installer“, ainda que as fontes em si estejam instaladas, veja agora como resolver este problema.

ttsms

Você pode simplesmente remover o pacote ttf-mscorefonts-installer, na minha opinião devido as demais fonts disponíveis no Ubuntu esse pacote é totalmente desnecessário para a grande maioria dos usuários.

Para remover dê o comando abaixo no terminal.

sudo apt remove --purge ttf-mscorefonts-installer ; sudo apt autoremove

 

Fonte: Diolinux, Linux Dicas & Suporte

Até a próxima!

Como desinstalar Gnome-Software do Ubuntu 16.04 (Xenial Xerus)

Se você não gostou da nova central de programas do Ubuntu 16.04 tente então remover esse programa com os procedimentos a seguir.

Desinstalar Gnome-Software

Para desinstalar somente Gnome-Software do Ubuntu 16.04 (Xenial Xerus) execute no terminal:

sudo apt-get remove gnome-software

Desinstalar Gnome-Software e os pacotes dependentes

Para desinstalar o pacote Gnome-Software e quaisquer outros pacotes dependentes que não sejam mais necessários do Ubuntu Xenial.

sudo apt-get remove --auto-remove gnome-software

Expurgar Gnome-Software

Se você também deseja limpar as configurações e/ou dados de Gnome-Software do Ubuntu Xenial então use este comando:

sudo apt-get purge gnome-software

Para limpar as configurações e/ou arquivos de dados do Gnome-Software e de seus pacotes dependentes do Ubuntu Xenial execute:

sudo apt-get purge --auto-remove gnome-software

Fonte: Howto Install

Até a próxima!

 

 

Criar pendrives de boot com o Etcher

Procurando uma ferramenta fácil de usar para criar um pendrive USB ou cartão SD bootável no Linux? O aplicativo Etcher pode te ajudar. Além de ser open source, a aplicação é multiplataforma (Windows, OS X e Linux), bonita e prática, facilitando todo o processo de criação de dispositivos inicializáveis em qualquer distro, passos que são praticamente os mesmo em qualquer um dos outros principais sistemas operacionais para desktop.

etcher

 

De acordo com a página do aplicativo no GitHub, a ferramenta é desenvolvida com tecnologias da web e se alto denomina um utilitário poderoso para criar pendrives USB e cartões SD bootáveis, proporcionando uma experiência agradável e segura. Ainda, de acordo com os desenvolvedores, a aplicação protege o usuário de possíveis acidentes ao realizar gravações, “assegurando que cada byte de dados foi escrito corretamente.”

O Etcher é uma ferramenta muito prática para mandar qualquer sistema operacional para um dispositivo de armazenamento móvel, como um Pen Drive ou um cartão SD. Ele possui versão para Linux, Mac e Windows e a versão para Linux é especial, pois ela usa o sistema AppImage, o que elimina qualquer necessidade de instalação, basta baixar e dar dois cliques.

Você pode baixar a ferramenta gratuitamente direto do site oficial do projeto. A versão para Linux está disponível como .appimage, em ambas as edições 32 e 64-bits, mas deve ser executado em todas as principais distribuições Linux sem quaisquer problemas. Infelizmente, os desenvolvedores não tem nenhum plano de fornecer um instalador nativo .deb ou .rpm.

Se o arquivo que for baixado estiver .zip basta extrair. Depois de extraído clique no ícone de Etcher na pasta que foi salvo e será perguntado se você quer instalar o programa como é mostrado na imagem abaixo ou simplesmente utilizá-la direto sem instalação, você pode marcar a opção que desejar.

Captura de tela_2017-05-05_10-29-54

Onde baixar:

Site do Etcher:

Site Techspot:

Até a próxima!