DNF – Gerenciamento de pacotes do Fedora 24

O DNF (“Dandified YUM”) é uma nova geração de gerenciador de pacotes para distribuições Linux baseadas em pacotes RPM. O DNF foi introduzido pela primeira vez no Fedora 18, e substituiu o YUM na versão mais recente, Fedora 24.

A ideia por trás do DNF é conseguir um aumento na performance e velocidade em relação ao YUM, além de melhorar o uso da memória e a resolução de dependências, entre outros fatores.

O DNF  só está disponível nativamente no Fedora Linux, no momento. Mas você pode instalá-lo em outros sistemas baseados em RPM se quiser usá-lo no Red Hat ou CentOS, por exemplo. Para isso, execute os comandos a seguir:

Usando o DNF para gerenciar pacotes:

1. Verificar a versão do DNF:
dnf –version

gerenciador-de-pacotes-dnf-01

2. Verificar os repositórios habilitados e desabilitados:
dnf repolist all

gerenciador-de-pacotes-dnf-02

3. Listar somente os pacotes instalados:
dnf list installed

gerenciador-de-pacotes-dnf-03

4. Listar somente os pacotes disponíveis:
dnf list available

gerenciador-de-pacotes-dnf-04

5. Listar todos os pacotes (instalados e os disponíveis):
dnf list

gerenciador-de-pacotes-dnf-05

6. Procurar um pacote usando o dnf:
dnf search stellarium

gerenciador-de-pacotes-dnf-stellarium-06

7. Visualizar dados sobre um pacote:
dnf info stellarium

gerenciador-de-pacotes-dnf-stellarium-07

8. Instalar um pacote:
sudo dnf install stellarium

gerenciador-de-pacotes-dnf-stellarium-08

9. Atualizar um pacote já instalado:
dnf upgrade stellarium

10. Verificar e atualizar pacotes:
Verificando atualizações: A maneira mais rápida de verificar atualizações é tentar instalar as atualizações disponíveis usando o comando abaixo:
 dnf upgrade
Obs.: Observe que esse comando instala apenas as atualizações que podem ser instaladas. Se um pacote não pode ser atualizado, por causa de problemas de dependência, por exemplo, ele é ignorado.
11. Verificar atualizações do sistema com o DNF:
dnf check-update

Obs.: esse comando pode ser usado para saber quais pacotes instalados em seu sistema possuem novas versões disponíveis, no entanto, isso não significa que elas possam ser instaladas com sucesso.

gerenciador-de-pacotes-dnf-update-10

12. Atualizar todos os pacotes no sistema:
dnf update

gerenciador-de-pacotes-dnf-update-11

Ou como root entre no terminal:
su
Agora digite o comando para atualizar o sistema:
dnf update -y
13. Remover um pacote:
dnf remove stellarium
ou
dnf erase stellarium
gerenciador-de-pacotes-dnf-stellarium-12
14. Remover pacotes órfãos (que não são mais utilizados por nenhum programa):
sudo dnf autoremove
 gerenciador-de-pacotes-dnf-autoremove-13
 15. Obter ajuda do DNF:
dnf help

ou

man dnf
gerenciador-de-pacotes-dnf-help-14
16. Visualizar o histórico do DNF (comandos executados anteriormente):
sudo dnf history
gerenciador-de-pacotes-dnf-history-15
17. Listar todos os grupos de pacotes:
dnf grouplist
gerenciador-de-pacotes-dnf-grouplist-16
18. Instalar todos os pacotes pertencentes a um grupo:
sudo dnf groupinstall ‘Laboratório de Eletrônica’
gerenciador-de-pacotes-dnf-groupinstall-eletronica-17
19. Atualizar um grupo de pacotes:
sudo dnf groupupdate ‘Laboratório de Eletrônica’
20. Remover um grupo de pacotes:
sudo dnf groupremove ‘Laboratório de Eletrônica’
21. Sincronizar os pacotes instalados com as versões mais estáveis nos repositórios:
dnf distro-sync
gerenciador-de-pacotes-dnf-distro-sync-20
É isso pessoal espero que ajude a aprender um pouco mais sobre o DNF.
Até a próxima!

Dicas pós-instalação do Fedora 24

Sempre que terminamos de instalar uma distribuição linux, é importante fazer algumas configurações para deixar o sistema ainda melhor, ”E agora o que eu faço?, por onde eu começo?”.Nesse tutorial veremos o que tem de mais essencial para dar o ponto de partida no nosso SO, então vamos lá…

1 – Atualizando os pacotes do sistema:

Como root digite o comando:

su

E agora diginte o comando:

dnf update -y
No Yumex (Yum Extender):

Quando abre o Yumex, o programa começa a procurar por novos pacotes, quando terminar a procura, você deve clicar no sinal de (+), fazendo isso o Yumex vai selecionar todos os pacotes para serem baixados. Então depois você precisa clicar em “Aplicar Novas Mudanças“.

Captura de tela em 2017-06-12 14-07-21

2 – Alterando nome do host no Fedora:

Primeiro verificamos o nome de host atual usando o comando :

hostnamectl status

Agora alteramos o nome do host com o comando:

hostnamectl set-hostname --static “NOVO_HOSTNAME”

É necessário reiniciar o sistema para que as alterações tenham sucesso.

3 – Instalando o Gnome Tweak Tool:
GNOME Tweak Tool é uma aplicação para alterar as configurações avançadas do GNOME 3.

Para instalar o Gnome Tweak Tool , clique no menu ” Atividades “ no canto superior esquerdo e procure por ” Software” . No gerenciador de software , procure por ” Gnome Tweak Tool “ e na lista de resultados , clique no botão “Instalar”.

4 – Ativando o Gnome Shell extensions:

A Instalação de novos módulos é simples, basta abrir a página para a extensão que você deseja ter instalado e use o botão liga / desliga para ativar / desativar uma extensão Gnome Shell em seu sistema.

5 – Ativando o repositório RPMFusion.
O repositório RPMFusion, fornece alguns softwares que o Projeto Fedora ou a Red Hat não oferecem para o sistema.

rpm -ivh http://download1.rpmfusion.org/free/fedora/rpmfusion-free-release-stable.noarch.rpm

6 – Instale o VLC.

sudo dnf install vlc

7 – Instale o Gimp

sudo dnf install gimp

8 – Instale o Youtube-DL

Youtube-DL é uma ferramenta baseada em Python que permite baixar vídeos via terminal de sites como: youtube, dailymotion, google vídeo, photobucket, facebook, depositfiles e outros.

sudo dnf install youtube-dl

9 – Instalando o VirtualBox.

# dnf install virtualbox

10 – Instale o Fedy.

Fedy: Uma maneira fácil de instalar codecs e softwares adicionais no Fedora 24.

Atualmente o Fedy oferece instalação e configuração dos seguintes softwares e codecs, além de oferecer suporte para instalação de temas e ajustes mais avançados.

> Adobe Flash
> Archives formats
> Atom
> BitTorrent Sync
> Brackets
> Dropbox for Nautilus
> Encrypted DVD playback (libdvdcss)
> Google Chrome
> HandBrake
> LightTable
> Master PDF editor
> Microsoft TrueType core fonts
> Multimedia codecs
> Oracle JDK
> Skype
> Steam
> Sublime Text 3
> Syncthing
> TeamViewer
> Telegram
> Viber
> Visual Studio Code
> Vivaldi
> WPS Office

Primeiramente, execute o seguinte comando no terminal do Fedora.

curl https://www.folkswithhats.org/installer | sudo bash

Será solicitado a senha de root:

Após inserir, pressione . Aguarde a instalação se completar.

fedy2

Após a instalação terminar, vá ao Menu Iniciar e busque por Fedy.

fedy3

Na primeira aba você poderá instalar codecs e softwares adicionais, bastando apenas escolher uma opção e clicar no botão Install. Será solicitado a senha de root. Digite-a e aperte o botão Ok.

O Fedy ainda te dá possibilidades de instalar Temas e  fazer ajustes mais avançados na aba Tweaks.

11 – Instalando codecs multimídia.

Por questões legais, o Fedora (e a grande maioria das distros Linux) não disponibiliza nos repositórios oficiais os codecs para a reprodução de arquivos MP4, WMA, dentre outros, exceto o suporte a reprodução de arquivos MP3, que a partir do Fedora 25 os pacotes necessários estão incluídos nos repositórios oficiais (gstreamer1-plugin-mpg123 e mpg123-libs). Para reproduzir somente arquivos MP3, remova o pacote “gstreamer1-plugins-ugly” do sistema (caso esteja instalado):

sudo dnf remove gstreamer1-plugins-ugly

E instale os pacotes a seguir:

sudo dnf install gstreamer1-plugin-mpg123 mpg123-libs

Com isso você poderá escutar as suas músicas em MP3 no Fedora sem a necessidade de adicionar repositórios adicionais.

12 – Procurar pacotes para o Fedora.

Um lugar para achar pacotes (programas) que você quer instalar no Fedora acesse o site Fedora Packages, e no campo de busca escreva o programa que você quer instalar.

Screenshot from 2016-08-02 15:15:26

Exemplo, procurando pelo Player de Música Clementine.

Screenshot from 2016-08-02 15:14:19

Pronto.
Com essa pilha de aplicativos você está pronto para tirar o máximo de proveito do seu novo Fedora .

Fontes: Acre Linux PequITech Dulinux.

Até a próxima.

Instalando o SMPlayer no Ubuntu.

SMPLayer, o popular reprodutor multimídia, recebeu mais uma atualização. Se você quer usar essa versão, veja como instalar o SMPLayer no Ubuntu e derivados.

SMPlayer é um reprodutor livre para Windows e Linux com codecs embutidos, que reproduz praticamente todos os formatos de áudio e vídeo conhecidos, sem precisar de nenhum codec externo. Basta instalar o SMPlayer e você será capaz de reproduzir todos os formatos sem o aborrecimento de procurar e instalar pacotes de codecs.

O programa é baseado em Qt e vem com um monte de recursos, suporte para legendas e redimensionamento de vídeo.
O SMPlayer é uma interface gráfica (GUI) para o premiado MPlayer. Mas além de fornecer acesso às opções mais comuns e úteis do MPlayer, ele adiciona outras funcionalidades interessantes como a possibilidade de reproduzir vídeos do YouTube ou baixar legendas.

Uma das características mais interessantes do programa é que ele se lembra das configurações de todos os arquivos que você reproduz. Assim, se você começa a ver um filme mas tem que sair, não se preocupe, quando você abrir aquele filme novamente ele continuará do mesmo ponto que você o deixou, e com as mesmas configurações: faixa de áudio, legendas, volume e etc.

smplayer02

 

Como instalar o SMPlayer no Ubuntu e seus derivados.

A versão SMPlayer disponível nos repositórios do Ubuntu é bastante antiga, por isso, para instalar o SMPlayer no Ubuntu e seus derivados, faça o seguinte:

Passo 1. Se não estiver aberto, execute um terminal usando o Dash ou pressionando as teclas CTRL+ALT+T;

Passo 2. Se ainda não tiver, adicione o repositório do programa com este comando.

sudo add-apt-repository ppa:rvm/smplayer

Passo 3. Atualize o APT com o comando:

sudo apt-get update

Passo 4. Para instalar o programa, use o comando abaixo:

sudo apt-get install smplayer smplayer-skins smplayer-themes

Como instalar o SMPlayer manualmente ou em outras distros.

Se não quiser adicionar o repositório ou quer tentar instalar em outra distribuição baseada em Debian, você pode pegar o arquivo DEB do programa nesse link e instalar ele manualmente (clicando duas vezes nele).
Mas lembre-se! Ao optar por esse tipo de instalação, você não receberá nenhuma atualização do programa.

Pronto! Agora, quando quiser iniciar o programa, digite smplayer no Dash (ou em um terminal, seguido da tecla TAB).

Desinstalando o SMPlayer no Ubuntu e derivados.

Para desinstalar o SMPlayer no Ubuntu e derivados, faça o seguinte:

Passo 1. Abra um terminal;

Passo 2. Desinstale o programa, usando os comandos abaixo;

sudo add-apt-repository ppa:rvm/smplayer --remove
sudo apt-get remove smplayer smplayer-skins smplayer-themes
sudo apt-get autoremove

 

Conheça melhor o SMPlayer.

Para saber mais sobre o programa, clique nesse link.

Fonte: Blog do Edivaldo.

Até a próxima!